Qual a importância da impermeabilização correta? | Casa Teto

Qual a importância da impermeabilização correta?

  • Data : 15 de abril de 2021

Quando o assunto é Construção Civil, tentamos trazer o maior número de informações para nossos leitores. A impermeabilização é o tema de hoje, pois é um processo extremamente importante para quem deseja construir ou reformar. A impermeabilização ocorre não só em casas ou edifícios, mas também nas maiores como pontes, barragens, estradas, aeroportos, dentre outros. Mesmo sendo muito importante, a impermeabilização pode ser deixada de lado por contenção de gastos ou até mesmo por ignorância do proprietário, que desconhece sua importância. Mas é inevitável o surgimento de patologias na estrutura se a impermeabilização for feita de maneira incorreta, causando prejuízos financeiros e estruturais enormes que poderiam ter sido evitados bem antes da entrega da obra. 

O processo de impermeabilização é regido pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), por meio da NBR 9575. São muitos detalhes e observações que não caberiam neste artigo, mas é só clicar no número da NBR para ler o texto completo. O custo de uma boa impermeabilização representa de 1% a 2% no orçamento total da obra, se ela já estiver incluída no projeto da construção. Caso contrário, o processo pode gerar um acréscimo superior a 12% no custo da mesma obra se realizado posteriormente. Portanto, a melhor escolha é impermeabilizar corretamente para evitar o surgimento de patologias.

Quer conhecer um caso real sobre impermeabilização que aconteceu numa obra da Casa Teto? Nosso CEO, Bruno Rezende, vai te contar! Confira agora mesmo no canal da Casa Teto no YouTube:

Tipos de impermeabilizantes

Os impermeabilizantes são divididos em rígidos (aqueles que utilizam materiais como argamassa impermeável e argamassa polimérica) e flexíveis (membranas acrílicas, termoplásticas, asfálticas, de poliuretano, poliuretano com asfalto, mantas pré-fabricadas, que podem ser asfálticas, de PVC ou EPDM).

Como o nome diz, a impermeabilização rígida não suporta a movimentação da estrutura, por isso é destinada à aplicação em estruturas que não sofreram fissuração ou grandes deformações. Já as flexíveis, possuem a capacidade de se alongar em função da exigência estrutural e de absorver a fissuração se forem adequadamente especificadas.

Uma boa impermeabilização deve ser feita por profissionais capacitados e preparados para lidar com os diferentes tipos de produto e locais de aplicação, evitando prejuízos posteriores.

Se ainda restou alguma dúvida, entre em contato conosco através das redes sociais ou deixe sua pergunta nos comentários. Veja mais vídeos do canal da Casa Teto no YouTube clicando no link abaixo:

Comentar

Registro não necessário.

Ao comentar, você aceita nossas Políticas de Privacidade