Construindo com tijolo ecológico: vantagens e desvantagens | Casa Teto

Construindo com tijolo ecológico: vantagens e desvantagens

  • Data : 25 de novembro de 2020

Há alguns dias estamos expondo aqui no blog tipos de construção alternativos, que apresentam vantagens e desvantagens. O método de construção do artigo de hoje e o que utiliza tijolos ecológicos. Também conhecidos como tijolo modular ou tijolo de solo-cimento, eles são feitos com uma mistura de solo, cimento e água. Existem outros materiais que podem ser incorporados na mistura, como borracha e outros resíduos que seriam descartados. Os elementos são misturados de forma homogênea e compactados por prensas manuais ou hidráulicas, recebendo até 6 toneladas de pressão. São chamados de ecológicos por não necessitarem de cozimento em fornos como os tijolos convencionais, descartando a utilização de lenha e a emissão de gases causadores do efeito estufa.

Apesar de ser uma boa escolha para quem deseja um método alternativo e mais barato, alguns cuidados devem ser tomados tanto pelo proprietário quanto pelos profissionais envolvidos no projeto. Até mesmo a economia destacada em relação aos tijolos convencionais deve ser bem avaliada, pois esse tipo de tijolo necessita de profissionais especializados na construção modular. 

Existem dois tipos principais de tijolos ecológicos, o maciço e o modular, como já citado anteriormente. Por isso é importante que a equipe de construção, engenheiros e arquitetos estejam cientes do método construtivo escolhido. Confira o vídeo que o fundador da Casa Teto, Bruno Rezende, preparou no canal da empresa do YouTube.

Dentre as vantagens de construir com tijolo ecológico, podemos destacar:

  • Menos poluição: por não queimar lenha/carvão, a emissão de de gases prejudiciais ao meio ambiente não existe;
  • Matéria-prima abundante: seu material principal é o solo/terra, que é facilmente encontrado em todas as regiões do país;
  • Possibilidade de produção no canteiro de obras: caso haja uma equipe especializada nesse tipo de tijolo, as unidades necessárias para a obra podem ser produzidas no mesmo local da construção;
  • Diminuição do tempo de construção: os encaixes favorecem o alinhamento e prumo da parede, o que pode reduzir o tempo gasto em até 30% em relação a alvenaria convencional
  • Menor geração de resíduos: a construção modular com tijolos ecológicos favorece a limpeza e diminui a geração de entulho.

Como todo método de construção, os tijolos ecológicos também apresentam algumas desvantagens. Assim como pode ser difícil encontrar mão de obra qualificada para a execução, a manutenção também pode ser um problema. Caso haja necessidade futura de um reparo ou mudança, é mais complicado quebrar a estrutura. Outro ponto é que o tijolo ecológico absorve mais umidade, necessitando uma atenção maior em impermeabilização. As instalações elétricas e hidráulicas podem ser mais difíceis de executar numa estrutura modular, sendo necessário alguns adaptadores para registros, por exemplo.

É muito importante ter em mente que qualquer construção precisa de muito planejamento! Comparar e contar com a orientação de profissionais capacitados vai evitar muitos problemas no futuro. 

Se ainda restou alguma dúvida, entre em contato conosco através das redes sociais ou deixe sua pergunta nos comentários. Veja mais vídeos do canal da Casa Teto no YouTube clicando no link abaixo:

Comentar

Registro não necessário.

Ao comentar, você aceita nossas Políticas de Privacidade